NOTÍCIAS

Câmara aprova Lei proposta pela UniFAI que concede desconto de 20% nas mensalidades de maio e junho

Ação é mais uma medida tomada pela Reitoria para enfrentar os desafios da pandemia de Covid-19

por Daniel Torres de Albuquerque




image

Câmara aprova Lei proposta pela UniFAI que concede desconto de 20% nas mensalidades de maio e junho; ação é mais uma medida tomada pela Reitoria para enfrentar os desafios da pandemia de Covid-19
Foto de Agência UniFAI

A Câmara Municipal de Adamantina aprovou o Projeto de Lei nº 3978/2020, de iniciativa do reitor do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva, enviado ao Legislativo pelo prefeito Márcio Cardim (DEM), que permite a concessão de desconto sobre as mensalidades e semestralidades cobradas durante o período de calamidade pública decretada em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Preocupada com a realidade das dificuldades financeiras impostas pelo período de distanciamento social às famílias dos universitários, a Reitoria da UniFAI decidiu propor ao Poder Executivo autorizar a concessão de desconto de 20% sobre o valor das mensalidades dos meses de maio e junho de 2020, que foi aprovado. A decisão permite ao aluno que tenha quitado a semestralidade requerer o reembolso proporcional do desconto a que teria direito.

O novo direcionamento prevê, ainda, não haver incidência de juros moratórios e de multa contratual, decorrentes do inadimplemento, se as mensalidades correspondentes a maio e junho forem quitadas até o último dia útil dos respectivos meses. A ideia é que as despesas decorrentes da execução dessa Lei correrão por conta das dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário.

As mensalidades com vencimento em 10 de maio serão prorrogadas para o dia 13, quarta-feira.

O ressarcimento dos descontos de 20% de mensalidades pagas integralmente referentes a maio e junho será feito através de depósito bancário ou cheque. Para isso, o aluno deverá fazer a solicitação via Central do Aluno a partir do dia 13 de maio.

Ações

Desde o início das ações de combate ao avanço da pandemia no Brasil, nas primeiras semanas de março, a Reitoria da UniFAI tem tomado uma série de medidas em consonância com as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e do Governo do Estado de São Paulo, que visam proteger seus alunos, docentes e servidores em relação à exposição ao vírus e, ao mesmo tempo, atenuar suas consequências tanto na prestação do serviço acadêmico quanto na saúde financeira da Instituição.

É importante lembrar que, mesmo com a ausência das aulas presenciais desde o dia 17 de março, atividades acadêmicas continuaram a ser disponibilizadas aos alunos a distância, por meio da Central do Aluno, no Portal da UniFAI.

Em um primeiro momento, a UniFAI decidiu auxiliar os alunos que não conseguirem manter em dia as mensalidades do primeiro semestre de 2020 em razão do impacto das medidas de contenção à pandemia, com a possibilidade de, no ato da rematrícula do segundo semestre, dividir o saldo devedor em até 18 prestações.

Outra medida tomada, após o anúncio do prolongamento da quarentena determinado pelo Governo do Estado de São Paulo, foi a antecipação das férias de julho para o período de 13 a 30 de abril.

Frente a isso, a Reitoria imediatamente determinou os estudos junto à Procuradoria Geral da UniFAI e à Divisão Financeira para chegar, com o devido planejamento, a uma proposta equilibrada e responsável que permitisse a concessão de desconto nas mensalidades e semestralidades em benefício dos estudantes universitários e sem prejuízos em curto e médio prazos ao caixa da Instituição.

Voltar ao TOPO