NOTÍCIAS

Nutrição promove mesa redonda virtual para debater atuação profissional durante a pandemia de Covid-19

Ideia é manter esse tipo de atualizações com novas palestras durante o período de quarentena com atividades on-line

por Daniel Torres de Albuquerque




image

Por conta da suspensão das aulas presenciais na Instituição devido às ações de distanciamento social para conter o avanço da pandemia na região, a atividade foi realizada pelo programa de encontros virtuais Google Meet
Foto de Arquivo Pessoal

O curso de Nutrição do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI) promoveu na última segunda-feira, 18, uma mesa redonda virtual para debater a atuação profissional nutricionista durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Por conta da suspensão das aulas presenciais na Instituição devido às ações de distanciamento social para conter o avanço da pandemia na região, a atividade foi realizada pelo programa de encontros virtuais Google Meet.

"O evento teve por objetivo a atualização dos alunos do curso de Nutrição perante um assunto novo e desconhecido, ou seja, trazer aos alunos a possibilidade de se atualizar com a experiência de duas profissionais que estão na linha de frente do tratamento da Covid-19 em dois grandes hospitais de referência do estado. Além, claro, do entendimento mais próximo da situação que estamos vivendo", contou a coordenadora do curso, Prof.ª Dra. Miriam Ghedini Garcia Lopes.

A mesa redonda, idealizada pela Prof.ª Dra. Camila Maria de Arruda e voltado a todas as turmas do curso, contou com a participação das palestrantes nutricionistas Milena dos Santos Mantovani, ex-aluna da UniFAI que trabalha na linha de frente do tratamento da Covid-19 na Enfermaria de Infectologia do Hospital das Clínicas da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp) de Botucatu, e Bianca Mazoli, que trabalha na Enfermaria de Pediatria do Instituto Central do Hospital das Clínicas de São Paulo.

"Foi muito chocante a fala delas perante alguns casos e algumas situações que elas vivenciam diariamente. Além dessa atualização, elas demonstraram toda a importância e o papel dos profissionais da saúde, incluindo os nutricionistas, no cuidado dos pacientes com Covid-19. Foi muito impactante e muito bom", comentou Miriam Ghedini.

A ideia é manter esse tipo de atualizações com novas palestras durante o período de quarentena com atividades on-line. "Uma sugestão dos próprios alunos", completou a coordenadora do curso.

Nutrição

Investigar e controlar a relação do homem com o alimento para preservar sua saúde é uma das principais atividades do nutricionista.

Ele também é responsável por definir cardápios, sugerindo pratos variados e equilibrados que supram as necessidades nutricionais dos clientes, pacientes ou hóspedes, além de orientar e prescrever dietas individuais ou de grupo para diabéticos, hipertensos, obesos e pacientes de doenças renais, hepáticas ou quaisquer outras cujo tratamento exija acompanhamento alimentar específico.

O nutricionista é apto a trabalhar em indústrias, empresas privadas, órgãos públicos, escolas, hospitais, hotéis e restaurantes, por exemplo.

O curso de Nutrição da UniFAI tem aulas presenciais no Câmpus II (avenida Francisco Bellusci, 1.000), com duração de oito semestres (quatro anos), nos períodos diurno e noturno, e conta com laboratórios de Bioquímica de Alimentos, Técnica Dietética e Qualidade de Alimentos, Análise Sensorial e Análise Química de Alimentos.

O curso também tem à sua disposição a Clínica de Nutrição (Nutriclínica), para prestação de serviços à comunidade, constituído por um laboratório de avaliação nutricional, no qual os acadêmicos de Nutrição têm a oportunidade de conhecer e desenvolver as habilidades de manuseio de equipamentos para avaliação do estado nutricional.

Voltar ao TOPO