NOTÍCIAS

Enfermagem comemora data do profissional com palestras em 25 e 26 de maio

Evento, integrante do II Ciclo de Palestras e 35ª Semana Acadêmica do curso, visa refletir sobre a necessidade de valorização da categoria

A pandemia do novo coronavírus evidenciou a importância das profissionais de Enfermagem, que exercem a linha de frente do combate à doença. Eles são formados por atendentes, auxiliares, enfermeiros, obstetrizes e técnicos. Segundo o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), o Brasil registra mais de 2 milhões de profissionais: 2.488.148.

Em São Paulo, conforme o Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren), são 632.557 profissionais, sendo 544.043 mulheres, o que representa 86,37% da categoria.

Neste dia 12 de maio, quando se comemora o trabalho desses profissionais da saúde, além de homenagens e reflexões há manifestações pelo país em busca de valorização, com a luta pela aprovação do Projeto de Lei n° 2564 de 2020 (PL 2564/20) que estabelece piso salarial nacional e jornada de 30 horas semanais.

No Centro Universitário de Adamantina (UniFAI) haverá o II Ciclo de Palestras on-line e XXXV Semana Acadêmica de Enfermagem nos dias 25 e 26 para comemorar a data. O evento, realizado às 19h30 na Plataforma Google Meet, é destinado a estudantes do curso e das demais graduações, egressos e profissionais da saúde.

“Estamos presentes 24h por dia na assistência aos pacientes, em atuação nos diferentes ciclos de vida, da gestação, nascimento, desenvolvimento e envelhecimento. A enfermagem tem ganhado visibilidade durante a pandemia em todos os níveis da assistência, na sala de vacinação, nos atendimentos nas unidades de saúde e assistência à pacientes graves em unidades de terapia intensiva. É uma profissão que se dedica ao cuidado com profissionalismo, competência técnica e científica, servindo ao próximo e à sociedade, com dedicação, coragem e amor”, afirma a coordenadora do curso de Enfermagem e da Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva e Atenção Básica da UniFAI, Profª Ma. Franciele Cardin Cordioli.

Programação

Na noite do dia 25, a enfermeira Luciana Mateus irá abordar o tema: “Redes Sociais: o novo currículo dos profissionais de Enfermagem” (link de acesso à sala: https://meet.google.com/pwx-wqby-mck). A profissional é mestra em Ciências da Saúde, especialista em Gestão Educacional, com MBA (Master in Business Administration) em Marketing.

Às 19h30 do dia 26, a enfermeira, mestra e doutora em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (USP), Maria Belén Salazar Posso, ministrará sobre “Enfermagem: Empreender, Transformar, Poder” (link da palestra: https://meet.google.com/qvq-feag-vzk).

A palestrante é professora especialista do Conselho Estadual de Educação do Estado de São Paulo, co-editora da Brazilian Journal of Pain, membro de Comitês de Práticas Complementares e Integrativas, Enfermagem e Espiritualidade da Sociedade para o Estudo da Dor (SBED/IASP) e membro da Diretoria da Sociedade Brasileira de Enfermeiras de Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização (SOBECC).

Enfermagem na história da UniFAI

O curso de Enfermagem foi um dos precursores no atual Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), por meio da criação da extinta Faculdade de Enfermagem e Obstetrícia (FEO) em 1º de março de 1980.

“O curso de Enfermagem parabeniza os professores e profissionais enfermeiros da instituição de ensino, serviços de saúde e toda a comunidade acadêmica que deposita no ensino superior a qualificação para um futuro profissional com excelência”, finaliza.

Voltar ao TOPO